Archive | janeiro 2014

Falsidade e educação

 Por Daniele Leite

Não há nada mais desanimador do que estar na presença de pessoas que você sabe que apenas te suportam, ou seja, toleram-te. As pessoas podem achar que não é perceptível, mas o fato, é que estampa-se nas expressões faciais, no jeito de falar, em inúmeros outros sinais( o silêncio, às vezes é um deles) que a sua presença não é tão bem-vinda. Mas já que temos escolha, cuidemos e demos de nós mesmos, da nossa presença, a quem realmente precisa ou se agrada dela. Quanto aos que preferem ignorar nossa existência de forma educada, tolerando, e nomeando isso de educação, que sejamos então “educados” , mas que não deixemos que essa politica da boa vizinhança nos torne pessoas falsas, com a pretensa justificativa de que, sendo assim , estaremos agindo com cortesia. Podemos ser educados, mas algumas situações machucam e o desprezo aqui se enquadra. Vamos ser educados, mas não falsos, pois bom-dia se dá pra todo mundo , isso é educação, mas atenção , tempo e estima a gente dá pra quem precisa e aceita ou pra quem nos quer bem.

Daniele Leite